Alunos do Colégio Almeida Júnior ajudam causas sociais

 

 

Alunos do Colégio Almeida Júnior ajudam causas sociais

 

Todos os anos os alunos do Ensino Fundamental II do Colégio Almeida Júnior realizam, dentro do Projeto Convivência, várias ações solidárias em benefício de entidades e pessoas carentes. Neste ano o Projeto estará “abraçando” duas causas sociais: “Chinelos para a África” (Fraternidade sem Fronteiras) e “Meias do Bem” (Projeto Puket). Para que estes projetos aconteçam, serão realizadas ações sociais na escola para que a família Almeida Júnior esteja engajada nesses trabalhos, afinal “um bom exemplo, vale mais do que mil palavras”.

O Colégio Almeida Júnior juntou-se com o Projeto Puket para uma linda ação voluntária: “Meias do Bem”. Nesse projeto serão arrecadadas junto às famílias e à comunidade meias que não são mais usadas por estarem velhas, ou terem perdido o par. Essas meias serão transformadas em cobertores. Haverá uma caixa coletora e todas as meias arrecadadas serão encaminhadas ao Projeto Puket. Para cada par de meias velhas que serão transformadas em cobertores, a empresa doará um par novo aos necessitados.

Outra ação voluntária, em parceria com a “Fraternidade sem Fronteiras”, o Colégio Almeida Júnior vai promover a compra de diversos pares de chinelos para crianças em situação de extrema pobreza na ilha de Madagascar. Para alcançar esse objetivo será rifada uma linda Boneca Isabel, além da realização de um dia especial para venda de pastéis para a arrecadação do dinheiro.

Em setembro uma equipe sairá do Brasil para trabalhar com crianças africanas (Madagascar) e levará para elas, chinelos de dedo (tipo Havaianas). Nessa caravana haverá uma representante ituana que estará indo para um dos locais mais pobres do mundo. Lá a carência em todos os âmbitos é efetiva e esse projeto calçará os pezinhos de crianças e jovens que vivem na linha da miséria humana.

Para a concretização das ações solidárias serão realizados alguns eventos: os alunos do 6o ano farão mutirão de arrecadação de meias junto aos familiares e comunidades dos condomínios onde moram; os do 7o ano vão vender a Rifa da boneca “Isabel”; já os alunos do 8o ano vão realizar o Dia do Pastel, com a venda de pastéis para a comunidade Almeida Júnior.

“Ao realizar esse trabalho, temos como principal objetivo a formação social e política de nossos alunos, que aprendem desde cedo em nosso Colégio a assumir um papel responsável diante daqueles que precisam de auxílio, ampliando assim seu olhar humanitário diante da realidade em que vivemos”, destaca a coordenadora do Ensino Fundamental II, Luciana Nunes Vaccari Avi.

            A comunidade ituana também está convidada a participar destas ações solidárias junto com a família Almeida Júnior. As meias velhas podem ser entregues na secretaria do colégio e as rifas podem ser adquiridas com os alunos.

Voltar a topo