Alimentação Saudável na vida de nossos filhos

Ensinar o filho a ter uma alimentação equilibrada e saudável é o sonho de toda mãe e todo pai. Se seu filho torce o nariz para um lanche composto por suco natural, banana com granola e  pãozinho caseiro integral recheado com queijo, não é preciso se desesperar: com paciência e persistência dá para fazer uma criança que só quer saber de salgadinhos e biscoitos recheados se alimentar melhor.

Gostar mais de um ou outro alimento é perfeitamente normal, e os pais devem respeitar as escolhas dos filhos, mas sem deixar que eles tomem as rédeas da própria alimentação. Algumas preferências alimentares realmente são inatas, mas a maioria é aprendida pelas experiências que a criança tem com a comida, reconhecendo a cor, a textura, o sabor e o cheiro dos alimentos.

Uma alimentação saudável é um dos requisitos para ter boa saúde na idade adulta. Se seu filho não gosta de frutas, verduras e legumes e você quer tentar mudar isso, veja, a seguir, algumas dicas:

1 – Introduza alimentos saudáveis aos poucos

Para fazer a criança começar a comer melhor, inclua um alimento saudável por dia, em uma das refeições. Se a criança aceitar bem, na segunda semana, será possível oferecer dois alimentos novos na mesma refeição ou em refeições diferentes. A evolução continuará nas semanas seguintes, de acordo com a resposta dela.

2- Capriche na apresentação dos pratos

Um prato bem decorado e colorido faz toda a diferença. Desde colocar mais cores, que é resultado de uma dieta equilibrada, até montar uma carinha com os alimentos. Quando você desenha no prato, pode até colocar ingredientes que a criança não conheça, pois o desenho chamará sua atenção. Ao passo que servir a refeição diretamente da panela, a criança poderá recusá-la.

3 – Comece com frutas

A introdução de novos alimentos pode começar com frutas, pois como possuem o sabor adocicado, normalmente são aceitas com mais facilidade.

4 – Escolha legumes e verduras de gosto mais suave

Se seu filho aceitou bem as frutas, o próximo passo é oferecer legumes e verduras em algumas refeições. Comece oferecendo os que apresentam sabor mais suave, como alface e cenoura.

5 – Insira a criança no universo da alimentação saudável

Faça seus filhos terem contato com as comidas saudáveis. Uma boa ideia é levar a criança às feiras ou quitandas, para que ela conheça os alimentos. Em casa, elas podem ajudar no preparo das refeições, lavar os legumes e montar os pratos, assim como cuidar de uma horta ou ajudar a fazer a lista de compras do mercado. Estimular a criança a colocar a mão na massa pode fazê-la se alimentar melhor.

6 – Persista, ofereça o alimento de novo mais de uma vez

A rejeição é normal e, diante dela, não vale desanimar. Os pais precisam ter a disposição de apresentar o ingrediente em outros momentos. São necessárias, em média, de cinco a dez exposições a um novo alimento para que a criança passe a gostar dele.

Se a criança não gosta muito de banana, essa fruta pode ser reinserida no cardápio, por exemplo, na receita de um bolo. Cenoura também pode virar bolo, purê e até uma sopa. A ideia é preparar alimentos que normalmente agradam às crianças, como bolos, cookies, sorvetes, tortas e sanduíches, porém, com ingredientes saudáveis.

7 – Não obrigue a criança a comer

Obrigar a criança a comer está fora de cogitação. Também é preciso respeitar a quantidade de comida desejada e entender que a qualidade conta mais. Se, por acaso, a criança não almoça, faça com que ela se alimente novamente na próxima refeição, evitando oferecer outros alimentos como opção à refeição que rejeitada.

8 – Evite radicalismos

Se a alimentação for saudável na maior parte do tempo, as guloseimas, às vezes, não trarão prejuízo. É importante diferenciar o que é comida do dia a dia do que é exceção. Crianças que gostam de refrigerante, por exemplo, podem tomar a bebida nas festinhas dos amigos ou em outra ocasião especial. Em casa, é melhor evitar.

9 – Dê o exemplo

O exemplo dos pais é fundamental para incentivar as crianças a desenvolverem bons hábitos alimentares. Portanto, os pais sempre devem ingerir alimentos saudáveis em todas as refeições.

O Ministério da Saúde disponibiliza um Guia Alimentar para a População Brasileira, que relata quais cuidados e caminhos são recomendados para se alcançar uma alimentação saudável, saborosa e balanceada, recomendando que a alimentação tenha como base alimentos frescos (frutas, carnes, legumes) e minimamente processados (arroz, feijão e frutas secas), além de evitar os ultraprocessados (como macarrão instantâneo, salgadinhos de pacote e refrigerantes).

A intenção do Guia Alimentar é promover a saúde e a boa alimentação, combatendo a desnutrição, em forte declínio em todo o País, e prevenindo enfermidades em ascensão, como a obesidade, o diabetes e outras doenças crônicas, como AVC, infarto e câncer.

Quem tiver interesse entrar no seguinte link para acessar o guia: http://portalsaude.saude.gov.br/

Como os pais se preocupam com a saúde dos filhos, todos devem prestar atenção à alimentação deles. Não podemos considerar salgadinhos, biscoitos recheados, achocolatados prontos, sucos de caixinha, enfim, produtos industrializados como alimentos para nossos filhos. Devemos educá-los para que façam escolhas saudáveis e se não formos conscientes e responsáveis, incentivando o consumo de alimentos saudáveis, eles crescerão com o paladar viciado em produtos altamente açucarados e engordurados, que podem afetar a saúde física e mental.

E vale lembrar que a merenda escolar não é sinônimo de besteira, trata-se do lanche que seu filho come 5 vezes por semana, portanto é a construção de um hábito. E alimentos, que não são considerados saudáveis não devem estar presentes nessa lancheira.

 

ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL NA VIDA DE NOSSOS FILHOS

ESTE ARTIGO FOI ENVIADO PELA NOSSA COLABORADORA

 LUCIANA SILVEIRA ESTRADA MONTALTI

NUTRICIONISTA – CRN 3R 11.102

CONTATO –( 11) 9 7161-1789

luciana_estrada@yahoo.com.br

 

Você pode gostar...

28 Resultados

  1. Regina disse:

    Parabéns pela matéria, Luciana.

  2. Marlene disse:

    Ótimas dicas.
    Gostei muito.

  3. Ana Paula Girardi disse:

    Conheço a Luciana há um tempão! Excelente pessoa, responsável e atenciosa. E, não bastasse ser uma ótima nutricionista, tem experiência prática no assunto abordado: 3 meninos lindos e saudáveis (filhos). Lu, parabéns e sucesso sempre!

  4. Angela Almeida disse:

    O texto fala perfeitamente dessa “batalha” que muitas mães, inclusive eu, travamos com o filho na hora de comer. Mas, é um esforço gratificante, não tem preço ver um filho saudável. Parabéns Lu, grande amiga, profissional e mãezona dos seus pequenos.

  5. Kátia disse:

    Parabéns Luciana pela matéria muito importante a alimentação das crianças vou tentar por em prática suas instruções.

  6. Flavia Beraldo disse:

    Luciana, parabéns pela matéria e com certeza vou passar para minhas cunhadas q recentemente tiveram bebês. ..São 2 a Julia e o Pedro e elas tb vão colocar em prática. Obrigada

  7. Vivian simao disse:

    Muito boa a matéria. Incentivar a criança todos os dias pode ser cansativo, mas a recompensa vem quando vc vê seu filho preferir uma fruta ou uma salada do que uma batata frita

  8. Vitória disse:

    Ótima dica para ser ter uma vida equilibrada.

  9. felipe disse:

    Oi pessoal
    Esse site é mesmo surpreendente, queria dar os parabéns pelo trabalho de vocês.
    Sempre é bom obter novos conhecimentos, obrigado 😉

  10. felipe disse:

    oi gente
    gostei muito desse site, parabéns pelo trabalho. 😉

  11. felipe disse:

    Gostei muito do que li aqui no seu site.Estou estudando o assunto,Mas quero agradecer por que seu texto foi muito valido. Obrigado 🙂

  12. Simplesmente adorei as dicas citadas aqui, realmente a infertilidade é um grande problema que afeta muitas mulheres e acredito que com um bom tratamento nós podemos conseguir o tão sonhado filho ou filha. Adorei seu blog.

  13. renata disse:

    oi gente
    muito interessante esse site, gostaria de dar os parabéns pelo excelente conteúdo.Foi muito útil para mim
    Obrigada 😉

  14. renata disse:

    oi gente
    adorei o site, muito interessante o conteúdo.
    Parabéns 😉

  15. monique disse:

    gostei do seu site muito interessante o conteúdo, queria te dar os parabéns e dizer que vou acompanhar mais vezes para saber sempre as novidades. Bjus

  16. Caro amigo muito bom seu conteúdo, sempre que posso acesso seu site. Sou muito afavor com a saúde e bem estar e alimentar de nossas crianças. Até mais.

  17. Rafinha Vitor disse:

    Obrigado pelo conteúdo me ajudou bastante sempre que posso acesso seus artigos, uma boa alimentação ajuda muito nossas crianças. Até mais e feliz ano novo.

  18. Vera Silva disse:

    Gostei muito do artigo do seu site, estarei acompanhando sempre. Abraços

  19. Olá sou mãe e me preocupo muito com a saúde do meu filho, ler um bom livro é a essência no dias atuais, por isso precisamos de bons conteúdos que nos ajudem, ficou muito bom seu artigo sempre que posso acesso seu blog. Thau Bjs…

  20. Vera Silva disse:

    Gostei muito do artigo do seu site. Estarei acompanhando sempre.Grata!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *